TOFIC SIMANTOB, PEREZ E ORTIZ ADVOGADOS | 4º escritório mais admirado em PENAL

A Editora Análise Editorial, em sua edição de 2020, comemorativa aos 15 anos da publicação, reconheceu o TOFIC SIMANTOB, PEREZ e ORTIZ ADVOGADOS como um dos escritórios mais admirados por sua atuação em PENAL. A pesquisa conta com a avaliação dos principais executivos e líderes do mercado nacional. Agradecemos a todos clientes e parceiros pela confiança e reconhecimento de nosso trabalho!

Editora Análise Editorial, in its 2020 edition, commemorating the 15th anniversary of the publication, recognized TOFIC SIMANTOB, PEREZ and ORTIZ ADVOGADOS as one of the most admired law firms for our performance in CRIMINAL LAW. The survey relies on the evaluation of the main executives and leaders of the national market. We thank all our clients and partners for the trust and recognition of our work!

Mais publicações

23/08/2021

Modernização do Judiciário beneficia a máquina pública

Artigo publicado no blog Fausto Macedo (O Estado de S. Paulo) O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou neste mês a criação do Sistema de Integridade do Judiciário, instituindo um conjunto novo de regras que aprimoram o funcionamento desse Poder, prevenindo fraudes e combatendo a corrupção. O Sistema é parte de uma Estratégia Nacional do […]

leia mais
31/05/2021

Bolso-nazismo

Artigo publicado na Folha de S.Paulo O anti-judaísmo é uma das formas mais longevas de discriminação religiosa, racial e étnica. Atravessa ao menos dois milênios de história. ​Na alta Idade Média se manifestou sob a forma de perseguição religiosa, e o deicídio (com judeus acusados de matar Cristo) era motivação para a explosão de ódio […]

leia mais
19/05/2021

Maioria dos Estados tem leis para caracterizar devedor contumaz

O contribuinte em São Paulo corre o risco de ser denunciado por crime se ficar devendo seis meses de ICMS. Em Santa Catarina, o prazo é um pouco maior: oito meses, com dívida de pelo menos R$ 1 milhão. Além desses Estados, outros 17 e o Distrito Federal possuem normas para caracterizar o devedor contumaz, […]

leia mais